Como combater o envelhecimento precoce com CBD?

O processo de envelhecimento é algo inevitável e algo com que todos têm de lidar em algum ponto das suas vidas1

A pele é das primeiras áreas a dar sinais de envelhecimento. Todos os anos, após a idade dos 20, o corpo humano produz aproximadamente menos 1% de colagénio do que o ano anterior. Com a perda de colagénio, combinada com o natural declínio da produção dos óleos naturais da pele, reduz a elasticidade da pele e as capacidades regenerativas da mesma, o que resulta numa pele mais fina e delicada, com maior tendência a enrugar2. Isto é o sistema natural do corpo em funcionamento3, pelo que não se pode propriamente considerar como envelhecimento precoce.

A maneira como envelhecemos, no entanto, está sob o nosso controlo, sendo esse um dos motivos pelos quais a secção dos produtos de antienvelhecimento em cosmética é uma das mais bem-sucedidas. É muito mais fácil prevenir o envelhecimento da pele do que tentar revertê-lo após acontecer.

O que causa o envelhecimento precoce da pele?

Quando se pensa em envelhecimento precoce, é importante considerar as causas por detrás deste fenómeno. 

Como referido anteriormente, não se contempla aqui o normal processo de envelhecimento, que infere a perca de elasticidade da pele e a formação de rugas. Existem várias teorias que procuram explicar o porquê e o como do envelhecimento4, mas não se focam exclusivamente no envelhecimento precoce.

Além do desgaste natural da pele, quando se analisam as causas do envelhecimento precoce, a grande maioria prende-se com fatores externos que causam e/ou aceleram o envelhecimento da pele.

MEIO AMBIENTE

É facto bem conhecido que os raios UV podem causar grande dano à pele. No entanto, isto nem sempre encoraja os indivíduos a ter os devidos cuidados com a pele. A exposição repetida aos raios UV, tanto vindos do sol como artificiais, provoca o envelhecimento precoce da pele5. Os danos causados podem incluir manchas na cara, descoloração da pele, ou outros problemas mais graves.

Isto não significa que as temperaturas frias não tenham um efeito negativo sobre a pele. O frio faz com que a pele fique com uma textura mais fina e menos elástica, o que provoca o aparecimento de rugas com maior facilidade.

Para além do clima, a própria atmosfera está carregada de poluentes que fragilizam a camada protetora da pele e geram radicais livres com elevado poder oxidante que contribuem para o envelhecimento precoce da pele5.

NÍVEIS DE SONO E STRESS

Os níveis de sono e stress são um fator que influencia a aparência da pele. A pele enruga-se sob o efeito de stress ou fadiga, provocando tensões musculares que se transformam em estrias ou rugas5.

Com o passar do tempo, o corpo não consegue combater estes estímulos negativos, pelo que a pele passa a ter permanentemente um aspeto envelhecido, com rugas, estrias e até mesmo manchas.

HÁBITOS POUCO SAUDÁVEIS

Hábitos como fumar, consumir bebidas alcoólicas e ter uma dieta pouco saudável influenciam negativamente a saúde dos indivíduos. Mas como é que estes hábitos influenciam o envelhecimento precoce da pele? Fumar, por exemplo, causa com que a pele não esteja a receber oxigénio suficiente, o que provoca a criação de rugas. O álcool pode conduzir a complicações de saúde e problemas de rins e fígado. Tanto o álcool como o tabaco, consumidos em excesso, podem também provocar a descoloração da pele5.

Como é que o CBD pode ajudar?

O CBD é um ingrediente que tem tido um uso crescente em produtos de cosmética, devido aos seus vários benefícios no que diz respeito ao cuidado da pele.

No caso do envelhecimento precoce, as fortes propriedades antioxidantes do CBD, que trabalham com o sistema endocanabinóide, ajudam a proteger a superfície da pele contra os radicais livres e danos causados pelo meio ambiente. Isto contribui para a desaceleração do processo de envelhecimento da pele, deixando-a mais suave e hidratada6.

No que diz respeito ao cuidado da pele, e ao envelhecimento precoce da mesma, é melhor pensar-se de forma proativa e preventiva. Não existe uma cura milagrosa para danos já feitos à pele, pelo que se deve ter em consideração uma rotina de cuidado pessoal com produtos que protejam a pele de danos que possam ser feitos. Sugerimos os seguintes produtos:

  1. Jayanthi, P., Joshua, E., & Ranganathan, K. (2010). Ageing and its implications. Journal of oral and maxillofacial pathology: JOMFP, 14(2), 48–51. https://doi.org/10.4103/0973-029X.72500
  2. https://thehempmag.com/2020/10/cbd-and-skin-aging-can-cbd-make-you-look-young/
  3. Harman D. (1981). The aging process. Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America, 78(11), 7124–7128. https://doi.org/10.1073/pnas.78.11.7124
  4. Tosato, M., Zamboni, V., Ferrini, A., & Cesari, M. (2007). The aging process and potential interventions to extend life expectancy. Clinical interventions in aging, 2(3), 401–412.
  5. https://www.eau-thermale-avene.pt/especialistas-pele/envelhecimento-cutaneo
  6. Borges R, et al. Understanding the molecular aspects of tetrahydrocannabinol and cannabidiol as antioxidants. Molecules 2013, 18, 12663–12674.
pt_PTPortuguese
Role para cima

Contacte-nos